A empresa oferece serviços de consultoria em sistemas elétricos de potência nas seguintes áreas:

  • Sistemas de Distribuição;
  • Sistemas de Transmissão;
  • Geração Hidroelétrica;
  • Geração Térmica;
  • Equipamentos para Sistemas de Potência;
  • Fontes Renováveis;
  • Qualidade de Energia.

Exemplos de Estudos especializados em equipamentos para sistemas elétricos de potência:

  • Coordenação de Isolamento: O estudo de coordenação de isolamento consiste na seleção ou verificação da suportabilidade dielétrica de um determinado equipamento em relação às sobretensões originadas no sistema elétrico, considerando as características dos equipamentos de proteção previamente instalados ou a serem adquiridos, para garantir o nível de proteção esperado.
  • Estudos de Sobretensões Temporárias: Este estudo tem como objetivo determinar as solicitações dielétricas fase-terra ou fase-fase resultantes de rejeições de carga, curtos-circuitos monofásicos, ferrorressonância etc. Este tipo de sobretensão é do tipo oscilatória e fracamente amortecida. Este estudo tem grande importância na determinação e verificação da capacidade térmica dos para-raios a óxido de zinco (ZnO).
  • Estudo de Tensões de Restabelecimento Transitórias: Este estudo tem como objetivo determinar as tensões de restabelecimento transitórias que surgem entre os polos do disjuntor quando da interrupção de correntes de curto-circuito no sistema elétrico.
  • Campos Elétricos e magnéticos em Linhas de Transmissão e Subestações: O cálculo dos campos elétricos e magnéticos em linhas de transmissão e subestações tem como objetivo identificar e comparar os níveis de exposição ocupacional e da população em geral a estes campos, com os limites estabelecidos na resolução normativa N° 398, de março de 2010, da ANEEL.
  • Análises de Transformadores de Média Tensão: Essas análises consistem em testes laboratoriais em transformadores, de forma a verificar se determinado fabricante cumpre com parâmetros de qualidade estabelecidos em normas. Esses testes são realizados normalmente antes de grandes aquisições de equipamentos ou para se determinar a qualidade de fornecedores.

Exemplos de Estudos em Sistema Hidrotérmicos:

  • Estudos de Confiabilidade: Estes estudos tem com objetivo estimar a probabilidade de um equipamento ou sistema funcionar corretamente, por determinado período, sob determinadas condições, medindo os riscos de perda de um equipamento ou parte de um sistema sob condições de distúrbio.
  • Monitoramento de Máquinas Elétricas em Tempo Real: Tecnologias de fibra óptica aplicadas para monitoramento de máquinas elétricas, de forma a se prevenir falhas e acidentes, bem como orientar planos de manutenção.
  • Fluxo de Potência e Fluxo de Potência Ótimo: Os estudos de fluxo de potência objetivam avaliar o sistema elétrico de potência sob condições normais e emergenciais. Sob estas condições, é possível observar os perfis de tensão, dentre outras variáveis, nas barras e em vários pontos do sistema, levando-se em consideração condições de carregamento, despacho das usinas geradoras de energia, bem como características de configuração do sistema.
  • Curto-Circuito: Os estudos de curto-circuito tem o objetivo de determinar as correntes subtransitórias, transitórias e em regime permanente nas barras do sistema de potência, sob condições de curto-circuito. Esses estudos são importantes para tomada de decisão, tanto na operação quanto na expansão dos sistemas.
  • Estabilidade Eletromecânica: O estudo de estabilidade eletromecânica tem por objetivo definir os critérios de rejeição de carga, bem como subsidiar estudos de seletividade e proteção, no que tange ao tempo máximo de permanência do sistema sob uma condição de curto-circuito, a fim de evitar perda de sincronismo.
  • Alocação Ótima de Geração Distribuída em Sistemas de Potência: Análise dos sistemas de potência, considerando a penetração de geração distribuída, com foco nas alterações operacionais, redução de perdas, confiabilidade do sistema, proteção e qualidade de energia.